20 abr

FGTS no consórcio imobiliário: R$ 130,7 milhões utilizados em 2017

O saldo de FGTS pode ser um facilitador no sistema de consórcios. Para quem não sabe, o saldo da conta vinculada ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço pode ser um aliado importante, uma vez que por meio dele, é possível adiantar ou facilitar a aquisição da casa própria. Conheça as possibilidades:

– Oferta de lance;
– Complementação da carta de crédito;
– Pagamento de parte das prestações;
– Amortização extraordinária ou liquidação de saldo devedor.

Entretanto, para usar o FGTS no consórcio de imóvel residencial, é preciso seguir alguns pré-requisitos.

De acordo com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), a utilização parcial ou total dos saldos das contas do FGTS totalizou pouco mais de R$ 130,7 milhões, feitos por 3.256 trabalhadores-participantes do consórcio de imóveis, no acumulado de janeiro a dezembro de 2017. O uso foi 10% acima do volume de 2016 que chegou a R$ 118,8 milhões com 3.148 consorciados.

Fonte: www.consorciodeimoveis.com.br

Share this