29 ago

Informações importantes sobre seguro de vida

Apesar de ser bastante comum em nossa sociedade, muitas pessoas ainda têm dúvidas em relação ao seguro de vida: como funciona, para que funciona e em quais condições é indicado que seja contratado. Para esclarecer e desmistificar um pouco essas questões, separamos algumas das principais informações envolvendo o assunto e algumas dicas para quem pensa em contratar um seguro de vida.

A principal função do seguro de vida é garantir a segurança financeira da sua família – ou quem quer que seja colocado como seu dependente e que você não gostaria de ver desamparado no caso da sua ausência. Ao contrário do que muitos pensam, a ativação do seguro, no entanto, não é exclusiva para casos de morte. Ele também serve em situações de doenças graves, acidentes e situações em geral que comprometam o quadro financeiro dos seus dependentes ou próximos.

Os tipos de serviços e tempo dos seguros variam de acordo com o plano e a empresa escolhida. É possível, por exemplo, contratar um seguro de vida por diferentes períodos de tempo: de cinco a trinta anos, ou pela vida inteira.

Muitos acreditam que o seguro de vida é uma ferramenta destinada exclusivamente para pessoas mais velhas, que possuem mais chance de virem a óbitos ou serem acometidas por uma doença grave. Isso, no entanto, é um grande erro. Pessoas jovens podem e devem contratar um seguro de vida, porque todos estão sujeitos a imprevistos e a segurança financeira é de extrema importância para a manutenção da qualidade de vida de quem é diretamente ligado a você.

Em casos sérios, o seguro de vida pode atuar no reembolso do tratamento de uma doença ou de um acidente grave, por causa dos quais você teve de se endividar para pagar – ou mesmo pagar a indenização de algum diagnóstico –, evitando que você precise fazer empréstimos ou endividamentos.

Ao contratar um seguro de vida, saiba que será necessário calcular e estimar todas as suas necessidades e as daqueles que você pretende favorecer, caso algo aconteça com você. Para esse processo, é indicado que seja procurado um profissional adequado.

Fonte: www.seguronoticias.com

Share this